apps

Saiu na Mídia: APLICATIVOS REMUNERAM QUEM QUER TER UMA VIDA MAIS SAUDÁVEL

Mudar um hábito ruim não é uma tarefa simples. Aliás, alguns diriam que é algo impossível. O mesmo valeria quando trata-se de adquirir um hábito bom. Por mais benéfico que possa ser, se exercitar e comer alimentos saudáveis, a imensa maioria das pessoas sucumbe à preguiça, à rotinas atribuladas e à comidas gordurosas. Charles Duhigg, no livro O Poder do Hábito – Por que fazemos o que fazemos na vida e nos negócios, explica, por exemplo, que não se pode exterminar de vez um hábito, mas sim substituir um hábito ruim ou maléfico por um comportamento mais positivo. O importante, segundo ele, é observar que sentimentos ou situações nos levam a repetir determinada ação negativa e, depois de colocar essa ação em prática, analisar que tipo de recompensa ela nos oferece. Ao conseguir identificar as ações e as recompensas, é possível mudar o hábito.

Mas fazer tudo isso sozinho soa um tanto entediante e complicado. A tecnologia, porém, já pode ajudar. Os três aplicativos descritos abaixo estimulam as pessoas a se alimentar bem e a manter uma rotina de exercícios. Não, eles não te passam apenas um cardápio lotado de frutas e vegetais ou então séries milagrosas de abdominais e corridas na esteira. O que eles fazem é mexer em um lugar um pouco mais delicado: o seu bolso. Como se fosse uma recompensa por andar na linha, os aplicativos oferecem dinheiro aos usuários. Não acredita? Confira abaixo:

Diet Bet

diet-bet-aplicativo-para-dieta
Esse aplicativo trabalha com dois níveis de desafio. O primeiro, KickStarter, tem quatro semanas de duração e a meta é que o usuário perca 4% do seu peso corporal. No segundo, o Transformer, a dieta dura de um a quatro meses e o objetivo é reduzir o peso em 10%. Os participantes podem interagir e compartilhar seus bons resultados via uma plataforma no Facebook e no app, além de receber dicas e apoio.
Assim que a inscrição é realizada no aplicativo, o usuário paga um valor determinado em uma conta Pay Pal ou pelo cartão de crédito. Se cumprir sua meta, ele recebe de volta o seu depósito mais o dinheiro dos que não cumpriram suas metas dividido por todos os vencedores. Atento aos espertinhos, o aplicativo pede que o usuário faça o upload de duas fotos assim que o jogo começa: uma de corpo inteiro sobre uma balança e mais uma, de perto, que mostre seu peso inicial. Ao longo do tempo, o “jogador” se pesa e posta novas fotos. Para evitar que ele trapaceie, o aplicativo envia palavras-chaves que devem ser colocadas no chão, ao lado da balança, no momento da foto.

Wage Healthy
Você preenche o quanto quer perder numa calculadora e já sabe de cara o quanto pode ganhar. Em seguida você pode detalhar em quanto tempo planeja atingir seu objetivo e o quanto está disposto a apostar nisso por mês. Daí para frente é controlar o que se come, se exercitar e não amolecer. Os prêmios podem ser bem atraentes. Por exemplo, para alguém que quer perder 12 quilos em seis meses e apostar US$ 50 por mês, se atingir seu desafio, poderá ganhar entre US$ 500 e US$ 1.230.

As inscrições no aplicativo podem ser feita de três formas: individualmente, coletivamente (com a criação de uma equipe de cinco pessoas, sejam amigos, colegas ou familiares) e, ainda, uma segunda forma de jogo coletivo: com o pessoal do seu trabalho. A empresa onde você trabalha pode se inscrever no jogo e pedir que os empregados participem do desafio. Para depositar e receber dinheiro, o usuário deve usar um cartão de crédito ou uma conta Pay Pal.

Gym Pact

gympact-web-home
Nesse aplicativo, o usuário se compromete com metas semanas para comer bem e/ou se exercitar. Se não cumprir seus objetivos, ele será penalizado e pagará um valor a ser dividido pelos participantes que conseguiram atingir suas metas. Entre os pactos que podem ser feitos estão comer 15 porções de vegetais por semana, correr cinco vezes ou então escrever, regularmente, um diário alimentar. Cada pacto exige, no mínimo, uma aposta de US$ 5, mas você pode aumentar esse valor para se sentir mais motivado (e com mais medo de perder dinheiro).

As recompensas não são tão boas quanto as do demais aplicativos, mas o incentivo para não perder dinheiro pode ser bastante útil para quem quer mudar seus hábitos alimentares e de exercícios físicos.

Esses três aplicativos não vão fazer de você alguém rico, mas podem te ajudar a se tornar uma pessoa mais saudável e disciplinada. Quem sabe, com novos hábitos suas chances de ser mais focado no trabalho não serão maiores? E, quem sabe, você não é recompensado por isso com uma promoção ou aumento de salário?

(Fonte: Época Negócios)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *