O que ingerir para EVITAR a ressaca

ressaca-cao

Em algumas épocas do ano é inevitável às vezes até para quem segue uma dieta uma muito equilibrada a não se render pelo menos um pouquinho a drinques ou bebidinhas na descontração.
Muito se fala do que deve ser ingerido, mas não o que se deve evitar comer antes de uma noitada na balada ou em épocas do ano em que acabamos consumindo alguma bebida alcoólica. Sei que muitos vão dizer que “Vida Saudável não combina com álcool“, mas o post é para quem não é tão radical e em situações esporádicas acabam se rendendo a algumas bebidinhas, claro sem perder a linha! 😉

Lembre-se ter uma vida com equilíbrio é recomendável, agora o exagero não é saudável!

O efeito do álcool na ressaca em nosso corpo pode ser potencializado graças a algumas refeições, vamos as dicas do que se deve evitar:

(As dicas abaixo foram extraídas da Revista Vogue Janeiro/2016)

Salada de folhas e mais nada
Um excelente momento para engordar o prato de rúcula e alface da dieta vossa de todo dia é exatamente esse, já que forrar o estômago só de folhas verdes antes de beber é o equivalente de o fazer com ele vazio. A solução vem em forma de uma proteína, que por levar mais tempo para ser digerida irá atrasar o aumento do nível do álcool no sangue.

Pipoca, salgadinhos, amendoim japonês e snacks salgados em geral
A primeira consequência do álcool no corpo é a desidratação, portanto lançar mão comidinhas saturadas de sal não é exatamente uma ideia brilhante. Ao invés de adiantar o problema, opte por beliscar alimentos com alto percentual de água em sua composição, caso do pepino e da melancia.

Inofensivo sushi
Nada contra o arroz japonês e as várias formas de peixe, mas aqui a ressalva fica por conta do que acontece uma vez que o sushi é fisgado pelo hashi e então afogado em shoyo – e como no item anterior, molho de soja inflama ainda mais a questão da desidratação por conta do excesso de sal.

Batata-frita
A batata em si é um excelente carboidrato para ser consumido antes de alguns bons coquetéis, mas a batata em versão frita e então salgada é uma bomba dupla: além de chupar a água do organismo, o óleo da fritura não cairá bem em um estômago que, em breve, receberá doses de tequila e rum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *